Filho de Theresa Joaquina da Conceição e Cândido de Almeida de Azeredo Coutinho, Silvino Hyppolito de Azeredo fundou em 1917, aos 58 anos, o jornal Correio da Lavoura, que circula até hoje na cidade de Nova Iguaçu. Seus registros sugerem apenas que veio de uma família negra e pobre que em algum momento teve contato com brancos e/ou mestiços.

Teve formação e empregos diversos: estudou até o terceiro ano do curso de Medicina e Farmácia, foi professor de Matemática em 1913, presidente da Caixa Auxiliadora dos Empregados das Capatazias em 1914, Fiel de escrita na Alfândega do Cais do Porto, entre outros. Ao fundar o jornal, trouxe como objetivos promover o progresso intelectual, moral e material do município, sendo o jornal adequado para pequenos povoados e dedicado aos lavradores.

Acesse pelo celular ou tablet:

Praça_Silvino_Azeredo

 

 

 

 

 

Fonte: NASCIMENTO, Álvaro Pereira do. Empreendedores negros no pós abolição: entre a lenha, as laranjas e as letras (Nova Iguaçu, Séculos XIX e XX). In: Carvalho, José Murilo de e Neves, Lúcia M. B. Pereira das (Orgs.) Dimensões e Fronteiras do Estado Brasileiro no Oitocentos. Rio de Janeiro: EdUerj, 2014.

Anúncios