Localizado na Rua Abilio Augusto Távora, 86, na região central de Nova Iguaçu, o Lar de Joaquina é um bem tombado pelo INEPAC no ano de 1999. Tendo como primeiro proprietário Antônio Vaz Teixeira, a habitação foi edificada na década de 30 e sua história está intrinsecamente ligada a história regional da citricultura. O nome da casa se deu em homenagem a sua esposa, Joaquina Teixeira.

A residência possuía 13 cômodos e um galpão de beneficiamento da laranja no fundo. Nesse galpão, a fruta era lavada, secada, escovada e embalada em caixas com papel de seda para ser exportada.

Ao longo dos anos, percebe-se que ocorreram modificações no telhado, no muro, que era composto por peças de concreto pré-moldadas, detalhes e uma cerca viva. Esses elementos cederam espaço para um muro que não permite a permeabilidade visual do exterior. A cor da residência também sofreu alterações ao longo do tempo, sendo empregados diferentes tons de verdes, sem o cuidado de proteger os ornamentos arquitetônicos do conjunto.

c2

c3

c4

images

Por:

GABRIELLE SANTANA

KARINE CALDAS

LEANDRA C.MARTON

NAYARA GEVÚ

(Alunos (as) do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFRRJ)

Coordenador: Prof. Dr. Julio Cesar Ribeiro Sampaio

Acesse pelo celular ou tablet:

LAR DE JOAQUINA

Anúncios