Fundado em 15 de fevereiro de 1952, pelo proprietário de terras iguaçuano Antônio Vaz Teixeira. Além do Cine Iguaçu, Antônio Vaz Teixeira investiu em mais treze cinemas na região da Baixada Fluminense.

Traz um estilo Moderno, intrinsecamente cosmopolita, tendo como características arquitetônicas a composição de matriz clássica, com acesso centralizado ou valorizando a esquina, predominância de cheios de vazios, valorização dos acessos e portarias, etc.

Inicialmente, o cinema contou com cerca de 1500 lugares. Depois de anos fechado, o mesmo precisou ter sua estrutura alterada para nos dias de hoje abrigar a casa de shows Vintage Hall, tendo sua capacidade aumentada para 1800 pessoas, incluindo a área vip, a plateia e os camarotes.

Há um projeto, datado do ano de 2009, que pretendia transformar o edifício em um teatro, cujo nome seria “Teatro Iguaçu”. A proposta partiu de um dos herdeiros do edifício, o produtor teatral e ator Marcelo Borghi, junto com os arquitetos José Dias e Ronaldo Grana. O objetivo era tornar a arte acessível a população iguaçuana, trazendo espetáculos de médio e grande porte, dança, música, festivais, peças infantis e adultas a preços populares.

cine1

cine2

cine4

images

Por:

GABRIELA MAGRI LIMA

PÂMELA NEVES DE CAMARGO

THAMIRES FERREIRA CORRÊA

(Alunos (as) do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFRRJ)

Coordenador: Prof. Dr. Julio Cesar Ribeiro Sampaio

 

Acesse pelo celular ou tablet:

CINE IGUAÇU

 

Anúncios