Seu antigo proprietário, já falecido, foi Waldomiro de Faria Pereira. Apesar de não se saber ao certo o ano de construção da residência, estima-se que tenha sido por volta de 1944. Sua primeira dona foi Carmelita Brasil, vereadora na cidade durante esse período.

Seu estilo original, neocolonial, foi alterado com a reforma, passando a ter um estilo modernista, que permanece até os dias de hoje. Era, inicialmente, uma casa térrea, com quatro quartos, um banheiro, cozinha, copa e uma varanda. Com a reforma, foi projetado mais um andar, que acrescentou ao imóvel mais seis quartos, passando o térreo a abrigar uma cozinha, uma sala de estar e banheiro. Ao longo dos anos, um anexo acima da garagem foi construído para servir de escritório e sala de estudos.

Sua primeira dona, Carmelita Brasil, vendeu a casa, na década de 40, a Waldomiro de Farias Pereira e Maria de Lurde de Almeida Pereira, sua esposa, que viveu nela por 60 anos. Após o falecimento de Maria de Lurde, Waldomiro se mudou para Santos, em São Paulo, mantendo a casa fechada até 2004, quando, na gestão de Lindberg Farias, ela foi alugada para abrigar o projeto do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial).

No projeto inicial, o estilo das fachadas era modernista. Atualmente, o imóvel traz uma fachada comprometedora, com banners inseridos ao redor do gradil, de forma a contornar o terreno. Essa medida foi adotada para não gerar impacto nos pacientes em relação aos residentes do bairro. No entanto, isso acaba sendo um paradoxo, pois a função da instituição é aproximar os pacientes do meio social.

Os anexos construídos não possuem relação com o estilo predominante do edifício principal. Na construção principal, pode-se notar a platibanda, grandes janelas e estrutura aparente destacada na entrada. Já aos fundos, tem-se telhados de amianto e colonial. O interior é marcado pela visível falta de manutenção. Outros elementos arquitetônicos remanescentes do primeiro projeto são a platibanda no telhado borboleta, elevações sobre pilotis, o uso de brises verticais e horizontais e de cobogós.

flo1

flo2

flo3flo4

images

Por:

Amaro Bondim

Andressa Emerique

Letícia Siciliano

(Alunos (as) do curso de Arquitetura e Urbanismo da UFRRJ)

Coordenador: Prof. Dr. Julio Cesar Ribeiro Sampaio

Acesse pelo celular ou tablet:

CASA NA RUA FLORESTA MIRANDA

Anúncios